SÍTIO BROTANDO A EMANCIPAÇÃO RECEBE ENCONTRO NORDESTE DE GRUPOS DE AGROECOLOGIA – ERGA-CE NORDESTE

 

Foi com grande alegria que o Sítio Brotando a Emancipação recebeu nos dias 8, 9, 10 e 11 o primeiro ERGA – Encontro Regional dos Grupos de Agroecologia do Nordeste, iniciativa da Rede dos Grupos de Agroecologia do Brasil-REGA, que reuniu pessoas de 04 estados desta região – Ceará, Pernambuco, Alagoas e Rio Grande do Norte.

Foi extremamente desafiador criar as condições para a realização do evento, particularmente no que se refere à infraestrutura. Isso só foi possível com a participação ativa de pessoas referências da Permacultura e Agroecologia no Ceará que contribuíram generosamente, antes e durante o evento compartilhando saberes tradicionais e contemporâneos. Cozinha alternativa, sanitários secos, banheiros, fogões e fornos, tiveram suas construções de palha e barro, com a sabedoria e experiência do Seu Zé Caiaito e do Edvaldo, nossos parceiros da Comunidade de Mangabeira em conjunto com Felipe Andrade, Marco George, Wilton Matos, Juninho, Lóis Jerônimo e a participação coletiva de companheir@s do CrÍtica, Rega e jovens da comunidade que se incorporaram a esse esforço/aprendizado. Mutirões para pegar palhas na vizinhança, dobrá-las, colher e transportar madeira e barro, roçar e preparar as trilhas, caminhos e locais dos camping, confeccionar as placas indicativas dos espaços, entre outras atividades, só foi possível com essa participação maravilhosa, sempre com muita alegria e criatividade.

Destaque importantíssimo para o esforço incomensurável do companheiro Bosco e sua equipe para garantir a finalização da caixa d’água e distribuição do precioso líquido para a estrutura do evento.

Durante o encontro contamos também com a participação generosa de Hugo Theóphilo e Wilton Matos revitalizando a bolandeira com a oficina de agroflorestal, Luis Torres, montando a geodésica, concluindo o ciclo de bananeiras, realizando a oficina de aquaponia e outras atividades, Marcelo Sindeaux e Marco George garantindo o aprendizado e montando o minhocário, Inácio e Ivânia, do Ciclovida, compartilhando experiências e sementes crioulas, além da contribuição d@s participantes sempre acrescentando e compartilhando conhecimentos.

           Dentro da programação do encontro foram exibidos vídeos e realizados vários debates. Destacamos o que abordou, com a participação do Crítica, a temática do Colapso do Capitalismo, Agroecologia e Emancipação Humana e Ambiental.

            A tudo isso juntou-se uma alimentação saborosa confeccionada também coletivamente por participantes do encontro e a alegria das músicas animadas com a sanfona da Gina, as rodas de capoeira, o samba, a fogueira, a maioria com a participação da comunidade, merecendo destaque a noite cultural na pracinha da Mangabeira com música, malabares, contação de histórias, dança e a contagiante alegria das nossas palhaças.

            O encontro renovou energias, compartilhou conhecimentos, ampliou e aprofundou laços de amizades, ampliou a estrutura do sítio, aprofundou discussões teóricas contribuindo assim para que os ares emancipatórios se façam mais fortes e promissores abrindo perspectivas para a construção da emancipação humana e ambiental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *