DA LIBERTAÇÃO À EMANCIPAÇÃO! DERROTAR O VÍRUS E ULTRAPASSAR O CAPITALISMO!

PROGRAMA CRÍTICA RADICAL – 1ª PARTE

Retornamos, hoje, dia 25 de março, data da libertação dos escravos no Ceará, a nossa programação de rádio. E continuamos insistindo na nossa proclamação de que os novos escravos já têm que estar livres, conscientes e associados para a emancipação.

A ameaça de extinção da humanidade e do planeta anunciada pela Crítica Radical já não está mais oculta. Parou a terra e nos faz lembrar Raul. Fizemos um enorme esforço para que a humanidade se antecipasse a esse colapso espetacular. Mas, agora, ficou ainda mais claro que há uma clara correlação entre coronavírus e o colapso do capitalismo global como nos lembra outro Raoul.

Não estamos diante de catástrofes como a queda de um asteróide, erupção de um vulcão ou tsunami, mas de um evento provocado pelo próprio ser humano com todas as suas conseqüências.

Em alguma medida isso já ocorreu no passado e não foi suficiente para que se produzissem mudanças radicais no nosso viver, sentir e pensar. Isso que aí está nos levará à mudança drástica de atitude? O equilíbrio do capitalismo revelou-se frágil como um castelo de areia. Estamos diante do fracasso absoluto do moderno sistema fetichista patriarcal produtor de mercadorias, chamado civilização avançada. Diante da devastação humana e ambiental em curso, chegou não chegou mais do que a hora de ultrapassarmos Bolsonaros, patriarcado, racismo, devastação, genocídio, ecocídio e capitalismo entre tantas mazelas?

 Continuamos mantendo acesa a chama da esperança. Temos propostas para novos horizontes, novas perspectivas. Uma delas será uma reunião/debate pela internet com alguns dos nossos convidados(as) ao Seminário e Encontro Transnacionais . Essa nossa primeira experiência de transmissão deu certo. Poderemos, com sua colaboração, aperfeiçoá-la, ampliá-la, embelezá-la, aprofundá-la.

O coronavírus tornou-se a revelação do fracasso do capitalismo. Sem dúvida a quarentena pode se transformar num momento de reflexão e ação para a maior façanha histórica do ser humano que é a conquista de uma sociedade humanamente diversa e desfetichizada, socialmente igual e criativa, ecologicamente exuberante e bela, prazerosa no ócio produtivo e completamente livre.

O momento para a emancipação humana e ambiental se apresentou. Preparemo-nos para construirmos já, através de um novo movimento social emancipatório, uma nova história, uma nova relação social, uma nova sociedade fundamentada numa vida plena de sentido.

Um abraço

Crítica Radical

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *